Skip to main content

Local Search Ranking Factors Results

Confira o anúncio do Local Search Ranking Factors Results 2013 (Resultados dos Fatores do Ranking para Search Local de 2013), postado na última quarta-feira, dia 7 de agosto, por David Mihm para o SEO Vertical. O artigo foi traduzido para o português para que pudesse ser lido por mais usuários.

Estou muito feliz em anunciar os resultados completos da pesquisa deste ano sobre os Resultados dos Fatores do Ranking para Search Local, publicada hoje cedo. Aqueles que participaram do MozCon há algumas semanas tiveram uma prévia dos resultados, mas suponho que poucos de vocês puderam digeri-los plenamente nos 14,2 segundos que ficamos nos slides em que eu mostrei a vocês estes dados. Vamos mergulhar fundo!

Se esta é a primeira vez que você ouviu falar de Fatores do Ranking para Search Local, a maior parte do background pode ser encontrado na própria página de resultados. Eu vou chamar a atenção para algumas mudanças deste ano:

• Conforme eu fui juntando os resultados da pesquisa deste ano, eu pensei comigo mesmo: “Você sabe, não há mais um único ‘algoritmo local’ no Google” – se é que realmente já houve um. Este ano é o primeiro esforço do nosso grupo para ajudar os leitores a diferenciarem os temas que prevalecem mais ou menos dependendo do tipo de resultado que o Google está mostrando (orgânico localizado, pack/carousel, ou mapas).

• Visto que ao longo dos anos uma grande parte do público desta pesquisa são donos de agências e representantes de agências – a julgar pelos e-mails que eu recebi – eu decidi tentar atender um pouco mais este público este ano. Acreditando que a maioria de vocês já deve ter lido pesquisas anteriormente e entendem o básico, eu também pedi que 35 especialistas marcassem os mesmos fatores, de acordo com o que eles sentiram que fez a maior diferença em mercados competitivos. Então para aqueles que já entendem o básico, prestem atenção à segunda coluna de resultados.

• Eu acrescentei personalização como um dos tema incluídos na pesquisa este ano. Francamente, eu fiquei surpreso que isto não tenha sido considerado como um fator maior em resultados móveis. De todos os fatores da lista, eu pensei que este seria o mais interessante para revisitar em 2014, conforme buscadores e especialistas ficam mais e mais familiarizados com o novo Google Maps.
De um modo geral, os principais fatores parecem ter se mantido praticamente os mesmos dos últimos anos:
• Associações de categorias apropriadas
• Um endereço físico na cidade sendo procurado
• Citações consistentes e altamente qualificadas de fontes que são:
o Oficiais
o Fidedignas
o Relevantes para a indústria
• Suas informações NAP apresentadas claramente em seu website
• Sua localização como uma palavra-chave nos title tags e headlines
• Um punhado de reviews tanto no Google quanto em sites de terceiros
• Uma certa quantidade de links de entrada de alta qualidade

Embora eu tenha querido dar a outros 34 experts “a base” na página da pesquisa em si, eu quero comentar sobre algumas respostas que eu achei particularmente interessantes:

• Apesar do Google ter estimulado massivamente a integração entre suas plataformas Google Plus e Google Places há apenas um ano atrás (um processo que, inclusive, está longe de se completar), sinais sociais ainda parecem ter um papel relativamente pequeno nos rankings – apenas 6,3% do total. Esta foi sugerida como a prioridade de número 22 nos mercados competitivos, e ficou em 34o lugar como uma prioridade fundacional, e diversos especialistas mencionaram isto em seus comentários.
• Talvez o fator mais surpreendente tenha sido que reviews (comentários) de autoridades oficiais ocupam o 3o lugar em relação a diferenciais competitivos. Se você está em um mercado competitivo, eu o encorajaria a prestar especial atenção ao programa Google's City Experts, e a pensar em verificar esta estratégia do Twitter/Followerwonk, a qual eu detalhei em janeiro.
• À medida em que caminhamos para um mundo onde os mapas estão se tornando o paradigma de local search, é notável para mim como considera-se que os principais fatores tradicionais de SEO – otimização on-page e links de entrada – tenham tão pouco efeito em rankings (menos de 25%).
• Enquanto isso, o Google continua a enfatizar estes fatores em seus resultados orgânicos localizados (julgando que os experts estejam por volta de 50% certos), o que deveria dar aos negócios sem localização física alguma medida de consolação.
• Com relação aos fatores negativos, números de telefone rastreáveis e palavras-chave recheadas de nomes comerciais continuam sendo algumas das mais vergonhosas ofensas que você pode fazer em local search.

 

http://moz.com/blog/local-search-ranking-factors-2013


Publicações similares


Nenhum artigo disponível


Tem perguntas ou comentários sobre o artigo? Conte-nos!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Managed-Service

Você quer fazer projetos completos, que incluam fotos, links, correção de textos, export e outros itens mais? Não tem tempo ou pessoal para fazer in house? Então confira aqui o nosso Managed-Service.

Ver serviços sem compromisso!

Self-Service

Você precisa de textos atuais? Com o Self-Service você recebe com muita rapidez os seus textos pedidos e já pode publicar na sua página.

Registre-se gratuitamente!

Autores

Milhares de autores nativos das línguas oferecidas por Textbroker têm a chance de ganhar dinheiro fazendo o que mais gostam: escrever. Veja aqui como ganhar dinheiro escrevendo textos.

Registre-se gratuitamente!