Skip to main content

Dicas para uma boa descrição

Antes que o autor comece a escrever o texto, ele terá contato com a descrição do pedido. Esse briefing ou descrição é tão importante e desafiador quanto o conteúdo final escrito, afinal de contas, a descrição influenciará diretamente no que você obterá com o artigo.

Dicas para uma boa descrição – Parte 1

 

Se você inclui no briefing somente „redija esse texto como no link“, por exemplo, o autor escreverá de maneira simples, não se atendo à qualquer especificação. Quando isso acontece, muitas vezes o texto volta uma, duas ou até três vezes para ser revisado. O resultado de uma má descrição é que ambos – cliente e autor – ficam insatisfeitos.  Você, no papel de cliente, não entende o porque de não ter obtido o que desejava e o autor gostaria de ter sido melhor orientado.

 

 

Quo vadis?

 

Onde você deseja ir? Um briefing inadequado geralmente é precedido por uma falta de conceito. Você sabe exatamente o que você deseja? Quando não se sabe exatamente o que se pretende obter com o texto, não se consegue transmitir o objetivo ao autor.  Muitos exemplos práticos confirmam essa suposição. Leia atentamente os passos seguintes para orientar-se quando ao pedido.

 

 

  • Passo 1: Estratégia de conteúdo

Você planeja um projeto que precisa de conteúdo exclusivo? Então é necessário pensar em uma estratégia para obter esse conteúdo que cumpra com suas exigências. Pense sobre como você gostaria de ser visto, qual conteúdo proporciona e qual grupo de pessoas pretende atingir e informar. Antes de escrever aos autores, esclareça para você mesmo essas perguntas acima. O sucesso de um texto bem escrito e que atenda às suas necessidades está nas suas mãos.

 

  • Passo 2: Formulando o pedido

Antes de escrever o briefing, informe os dados do pedido: título, projeto, categoria, nível de qualidade, tempo de resposta, número de palavras e opções SEO. Todas essas informações são importantes na criação do pedido. Veja abaixo um pouco mais sobre cada item:

 

 

Título do pedido:

O título proposto pelo autor deve estar de acordo com o texto pedido pelo cliente. Se o cliente pede um texto sobre férias no Rio de Janeiro, o autor não deve escrever no título “Restaurantes no Rio de Janeiro”, por exemplo.

 

Categoria:

Preste atenção na hora de escolher a categoria. Voltando ao exemplo dos restaurantes no Rio de Janeiro, se você pretende que o texto informe diversos aspectos da vida turística da cidade, não determine como categoria somente um desses aspectos, como restaurantes. Uma categoria mal determinada pode levar a um erro de compreensão por parte do autor.

 

Nível de qualidade (em estrelas):

Essa é uma das dacisões mais importantes: que exigências você tem para o texto? Quanto maior é a sua expectativa em termos de gramática, estrutura e vocabulário, maior deve ser também o nível de qualidade pedido. Dessa forma a satisfação aumenta para ambos os lados: você recebe um texto com alto nível e o autor é melhor remunerado pelo esforço em escrever um texto sem erros, bem escrito e informativo.  

 

Número de palavras:

É recomendado deixar uma margem de 10 a 50 palavras entre o número mínimo e máximo para que os autores tenham um pouco mais de liberdade ao escrever. Ao escolher o número máximo de palavras, pense se está de acordo com o objetivo do seu texto. Muitas vezes vale mais a pena ter um texto mais sucinto para que a informação seja rapidamente transmitida. Entretanto, também ocorre que o cliente peça um texto curto e ao mesmo tempo cheio de informações, dicas etc. Nesse caso é melhor aumentar o número máximo de palavras para que o autor consiga escrever tudo o que o cliente deseja.

 

 

  • Passo 3: última instrução antes do Briefing  

Os pilares para uma descrição bem escrita foram anteriormente indicados (título, categoria, qualidade e número de palavras). A seguir apresentamos algumas dicas rápidas:

 

 

Tom amigável:

Os autores devem ser tratados com respeito. O tom amigável ajuda também que o autor tenha confiança e simpatia por você e, consequentemente, tenha mais motivação ao escrever os textos. É fácil perceber eu há uma relação proporcional entre os bons textos e o tratamento recebido pelo autor.

 

Condições Especiais:

Quaisquer condições especiais, tais como o prolongamento da adoção automática do texto depois de quatro dias, devem ser mencionadas na descrição, para que os autores possam aceitá-las ou não antes de escrever o texto.

 

Rápido e sem rodeios:

Escreva a descrição o mais conciso o possível. Um briefing maior do que o texto desencoraja e dá margem para que o autor esqueça de escrever detalhes importantes. É o seu trabalho distinguir o essencial do que pode ser deixado de lado.

 

 

Dicas para uma boa descrição – Parte 2

 

A primeira parte desse documento tratou de medidas e dicas importantes a serem tomadas que se escreva a descrição. A segunda parte tratará de informações específicas sobre o conteúdo necessário. Considerando que você só passa a ter contato com o autor uma vez que esse esteja escrevendo o texto, é muito importante que a descrição seja bem redigida.

 

A estrada para o sucesso

Saber como se faz um bom texto ajuda não somente a autores como também a todos que desejam fazer um pedido de texto. Aqui você pode ver quais são os pontos essenciais a serem apresentados em uma descrição para que o autor saiba claramente como escrever

 

  • Público-alvo a ser atingido

Quem lerá o texto? O texto visa os leigos curiosos ou especialistas? Crianças ou adultos? Mulheres ou homens? Solteiros ou casados? Se o grupo está definido, o texto tem um objetivo específico. Pense também sobre o motivo que o levou a ter esse público-alvo: pura informação, interesse em compra ou outros.

 

  • Linguagem que deve ser utilizada

Dependendo do público-alvo, decida por uma linguagem mais séria ou espontânea, formal ou informal, que faça uso de expressões idiomáticas ou não. Decida também se o autor deve expressar qualquer opinião pessoal ou se deve manter objetividade. Alguns clientes desejam uma atitude positiva no texto e permitem observações críticas. Descreva bons exemplos e mostre ao autor como transmitir conteúdo claro e compreensível.

 

  • Chamar o texto pelo nome

Que tipo de texto deve ser escrito? A descrição de um produto, um conselho ou um texto informativo? Que impacto você pretende obter com o texto e qual função se encontra em primeiro lugar em uma lista de prioridades? O texto deve ser basicamente informativo ou deve impressionar o leitor? Deve compartilhar conhecimento, servir de inspiração, orientar ou simplesmente entreter? Escreva adicionalmente em que tipo de página aparecerá o texto.

 

  • Respostas para perguntas

Vale a pena fazer perguntas para que sejam responidas no texto. Escreva na descrição perguntas como „Quais são as vantagens e desvantagens do produto?“.

 

  • Defina a estrutura do texto

Você consegue visualizar o texto final? Se sim, tente passar cada detalhe ao autor: estrutura, divisões, segmentações, sub-títulos etc.

 

  • Determine as exigências SEO

Textbroker oferece a oportunidade de usar diferentes opções SEO. Você pode, por exemplo, indicar ao autor algumas palavras-chave a serem usadas no texto e dizer a frequencia com que essas palavras-chave devem aparecer no texto.

Por favor, siga as instruções dadas, ou ao menos parte delas. Assim você descreverá bem o texto que deseja obter e o autor saberá com quais bases deve escrever. Esse é meio caminho andado para um texto bem escrito que se adapte às suas necessidades.


Nenhum artigo disponível


Tem perguntas ou comentários sobre o artigo? Conte-nos!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

Managed-Service

Você quer fazer projetos completos, que incluam fotos, links, correção de textos, export e outros itens mais? Não tem tempo ou pessoal para fazer in house? Então confira aqui o nosso Managed-Service.

Ver serviços sem compromisso!

Self-Service

Você precisa de textos atuais? Com o Self-Service você recebe com muita rapidez os seus textos pedidos e já pode publicar na sua página.

Registre-se gratuitamente!

Autores

Milhares de autores nativos das línguas oferecidas por Textbroker têm a chance de ganhar dinheiro fazendo o que mais gostam: escrever. Veja aqui como ganhar dinheiro escrevendo textos.

Registre-se gratuitamente!